Rio Grande do Norte apresenta o primeiro buggy elétrico do Brasil

EMPROTUR - Notícia 20.09.2022
...

Créditos - Renata Moura

Em busca de maior sustentabilidade e menos impacto ambiental nas ativações promocionais do destino - uma tendência global - o Estado do Rio Grande do Norte, por meio da Secretaria de Turismo do Estado (Setur) e da Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), é o primeiro do Brasil a implantar a política em busca da redução da pegada de carbono na concepção e montagem de estandes.

A primeira ativação irá acontecer na 49ª edição da Abav Expo, que acontece entre os dias 21 e 23 de setembro, em Pernambuco. A experiência está conectada com as práticas do turismo responsável, como por exemplo, a exposição do primeiro buggy movido a eletricidade produzido no Brasil para uso nas dunas - o protótipo Selvagem Elétrico.

“Estamos buscando alcançar uma tendência que se apresenta mundialmente. O Rio Grande do Norte já é protagonista e líder nacional em produção de energia eólica, com cinco gigawatts (GW) de capacidade produtiva – com destaque mundial no setor. Já não produzimos material de papel, por exemplo, e a experiência que estamos entregando durante a Abav Expo 2022 será gradualmente implantada em todas as nossas ações de promoção e divulgação do destino.”, ressalta o diretor-presidente da Emprotur, Bruno Reis.

O Rio Grande do Norte também é o primeiro estado do Brasil a receber a certificação Padrão de Destinos Verdes, concedida pela Green Destinations, uma fundação holandesa sem fins lucrativos para o turismo sustentável. Pipa e São Miguel do Gostoso foram contemplados.

Em 2020, o destino desenvolveu, em parceria com o Instituto Vivejar, a cartilha 12 Mandamentos do Turista Responsável, com orientações e procedimentos para assegurar a segurança tanto do próprio turista quanto de quem o recebe.

Os fatores ESG - do inglês ambiental, social e governança – são essenciais nas análises de risco e nas decisões de investimento em qualquer setor econômico e no turismo não é diferente. Para o diretor-presidente da Emprotur, Bruno Reis, alcançar o futuro da atividade turística implica em repensar nossa relação com o meio ambiente e seus recursos naturais.

Sobre o Selvagem Elétrico

O carro tem velocidade máxima estimada em 120 quilômetros por hora (Km/h). A autonomia, no atual estágio do projeto – ou seja, a distância que conseguirá percorrer com baterias cheias, antes de precisar de recarga – é estimada em 100 km. A partir dos testes que serão realizados e de possíveis alterações futuras no veículo, o número poderá ser elevado.

Dados técnicos do Selvagem Elétrico

Autonomia estimada: 100 km

Velocidade máxima de 120 km/h

Potência do Motor: 23,5 kW, aproximadamente o dobro da potência existente em kits de conversão de veículos disponíveis no mercado para carros de passeio.

Potência da bateria: 11.2 kW